Zombie Burger: primeira hamburgueria zumbi brasileira fica no Abc Paulista

Por Maria Cláudia Aravecchia Klein

O empreendedorismo sempre esteve na veia da Cláudia Oliveira (48), que durante anos conduziu um ateliê de moda e costuras. Depois que as filhas cresceram e ela começou a acompanhá-las em alguns passeios bem legais, como a caminhada “Zombie Walk“, que acontece desde 2006 em São Paulo, além de bares e hamburguerias temáticas, ela começou a desenhar seu novo negócio.

O negócio é familiar e conduzido por três mulheres empreendedoras: Cláudia, Flávia (esquerda) e Marcela (direita). Mãe e filhas que cuidam de tudo bem de pertinho, desde a produção do #hamburguer artesanal com ingredientes frescos e de qualidade, até o atendimento, excelente e com preços camaradas.

No mesmo imóvel, deixou tecidos, linhas e agulhas de lado, e montou a primeira hamburgueria brasileira totalmente inspirada na temática de terror e dos zombies: a ZombieBurger. Cláudia gerencia e coordena tudo, porém tem as duas filhas como coadjuvantes, Flávia (23) é formada em Publicidade e cuida de todo marketing e do atendimento da casa e Marcela (estudante de Engenharia de Produção) também ajuda na recepção dos clientes e nas outras frentes.

A produção dos hambúrgueres é totalmente artesanal e os lanches foram batizados com os nomes dos personagens do seriado The WalkingDead.

Para facilitar o pedido, você escolhe no cardápio e pede no balcão. Depois retira no simpático balcão que dá para a cozinha.

A decoração é cinematográfica feita por elas e por um cenógrafo contratado.

Fomos conhecer a @zombieburgersbc em #saobernardodocampo no #abc , que é a primeira #hamburgueria #zumbi 🧟‍♂️ do Brasil.Dica de #passeio aqui na @revistavidapratica para os fãs de #thewalkingdead !

Aprovei o Michonne Burger (R$ 24,90 ): Burger da casa (o meu veio no ponto certo pedido), queijo prato, alface, tomate e uma deliciosa maionese verde (que elas mesmas preparam) e no pão com gergelim. Eu troquei pelo integral para pesar menos na minha consciência. Meu marido e meu filho devoraram o Rick Burger (R$ 30,90): Burger da casa com queijo cheddar, cebola caramelizada e a deliciosa maionese verde no pão australiano. A batata frise estava crocante e sequinha, porém a porção média foi over para nossa fome.

Na próxima, uma pequena estará na medida! Tem ainda porções de onion rings e batata canoa com cheddar e bacon. Não sobrou espaço para a sobremesa.

De quarta a domingo, das 18h as 23h. Rua Maurício Jacquey, 78 Rudge Ramos – São Bernardo do Campo – (11) 94541-9971 www.zombieburger.com.br

Instagram: @zombieburger

%d blogueiros gostam disto: