Viajar é mudar a roupa da alma, ainda mais se for para a Califórnia

Por Luciana Podschun

Já dizia o grande poeta Mario Quintana “ Viajar é mudar a roupa da alma”….Sem dúvida, viajar nos renova, nos revigora, nos energiza!

Desde os meus vinte e pouco anos que viajo por aqui e por ali…Foi assim que conheci meu esposo em uma viagem de negócios, como ele mesmo diz que precisa de dois para dançar, então encontrei o parceiro perfeito para tudo,  inclusive para viajar e se aventurar em descobrir lugares novos.

Recentemente Jan/18,  fomos à #california  com nossos 2 filhos se aventurar pela costa e pelas montanhas também, uma viagem de mais 30 dias…. Decidimos não elaborar nenhum roteiro em específico e simplesmente ir onde tivéssemos vontade e seguir algumas recomendações de pessoas locais. Gostamos de ir em lugares não muito turísticos onde é mais frequentado por moradores da região. Claro, que ir à São Francisco, estava na lista, cidade muito turística cheia de vida, alternativa, e cultural que desde adolescente tinha vontade de conhecer.


A grande maioria dos lugares que estivemos foram todos na costa, praias deslumbrantes de uma beleza natural ímpar, com exceção de Yosemite National Park, localizado a cerca de 3 horas e meia ao leste de São Francisco. Yosemite, é o paraíso para quem ama a natureza, adora escalar montanhas,e se aventurar em trilhas,  famoso por seus precipícios de granito e suas exuberantes cachoeiras, é um dos parques mais famosos da Califórnia e na minha opinião o mais bonito.

Se houver lugares mágicos, certamente Yosemite é um deles. Esse lugar sempre esteve na minha lista e acho que deveria estar na lista de cada um também especialmente para aqueles que amam a natureza. Nós ficamos 3 dias maravilhosos e mágicos neste deslumbrante parque onde se encontra a paz de espírito. Você esquece dos problemas, relaxa e desfruta da beleza da natureza. Caminhamos e fizemos trilhas em média de 9 km ou mais por dia.Estar lá foi simplesmente uma experiência mágica que nos nutriu de muita paz e amor pela natureza.

Os alimentos precisam ficar bem armazenados para não despertar o faro dos ursos

Superei meus obstáculos depois de tudo que aconteceu comigo no ultimo um ano e meio onde quase morri. Para mim foi a aventura mais emocionante que já fiz desde então.


Algumas dicas

O valor na entrada no parque é de USS 30.00 por carro válido por 7 dias e permitindo que você saia e entre do parque quantas vezes necessitar dentro deste período. Da entrada do parque ao Visitor’s Centre é cerca de 40 minutos ou mais se você for parando para tirar fotos.

Procure reservar um lugar para ficar dentro do parque se possível, porque sua extensão é enorme com o tamanho aproximado de Rhode Island (mais de 284.899 hectares)

Reserve no mínimo um final de semana prolongado 3 ou 4 dias para curtir do parque. Leve muita água e suas caminhadas.

Se não tiver muito tempo procure fazer trilhas mais curtas e aquelas que ficam de acesso ao shuttle bus que circula por 22 paradas com parada ao Visitor’s Center, com acesso ao estacionamento.

Não subestime as placas conscientizando os turistas em não carregar alimentos em suas backpacks por causa dos ursos, eles existem e são muitos. Um urso consegue farejar um animal morto por 3 milhas de distância. Siga as regras, cuidado com os precipícios, #Yosemite tem muitos registros de mortes por quedas.

O mais importante, relaxe, conecte com a natureza, respeite-a e desfrute!

Luciana Podschun é casada, mãe de 2 meninos e 2 border collies, trabalhou na área de comércio exterior por 10 anos e paralelo lecionou inglês. Atualmente ocupa a função full time de mãe, adora viajar e fotografar como hobby. Sua filosofia de vida é viver intensamente como se fosse o último, porque a vida é um sopro. Recentemente criou um instagram somente para as fotos de viagens que ela e sua família fotografam. IG: @travel_thru_our_photos

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: