Venda mais apenas ouvindo as necessidades do seu cliente!

Por Viviane Silva

Quem é mais interessante, você ou o outro?

É possível facilmente identificar nossa falta de atenção em ouvir. Isso acontece – quase todos os dias – quando uma pessoa nos dirige algumas palavras e rapidamente nos colocamos pra pensar no que iremos responder.

Ao darmos importância maior a nossa resposta, não absorvemos a mensagem e o propósito da fala transmitida. Desta forma, a necessidade do cliente deixa de ser compreendida. Existe uma incapacidade generalizada de ouvir de verdade o outro, uma dificuldade e um isolamento enorme no qual pessoas estão fechadas sob ou sobre seus aparelhos (digo, smartphones) e sua própria forma de pensar.

Ter a mente aberta para receber ideias é a melhor forma de aprender. Quando uma pessoa não ouve com atenção,  está totalmente fechada para novas descobertas e o resultado é escutar apenas aquilo que quer ouvir, e não aquilo que está sendo dito. Isso se dá pela manifestação da mais constante e sutil  ‘arrogância’. Há um individualismo enorme, crescente e que nos domina.

Quem se conhece sabe que é interessante e explora essa qualidade ao máximo! Por isso é fundamental conhecer-se. Não controlar a vaidade é o pecado de achar-se mais do é e pensar – erroneamente – que todos concordam com isso.

Por isso, chamo a sua atenção para:

  • Olhar para os rostos das pessoas, de seus clientes. Sentir as pessoas que estão comprando seu produto ou serviço. Os indivíduos têm uma maneira especial de fazer ou dizer algo.
  • Lembra do livro “O corpo fala”? A posição, as expressões do corpo e do rosto mostram se a pessoa está entusiasmada ou entediada e traduz tudo o que você precisa saber.
  • Converse e avalie emoções, gestos e estude  unicamente  cada indivíduo.  Ao tentar uma venda, entre inteiramente naquele momento. Faça daquele instante uma experiência única. Entregue-se! Entregue seu produto, seu serviço, sua imagem, sua empresa a esse momento.

Muitos querem empreender, porém qual pergunta você está fazendo a si mesmo? Você tem um propósito? Por onde anda sua empatia pelo próximo?

A gente não resiste ouvir o que o outro diz sem palpitar, sem misturar o que ele disse com aquilo que a gente tem a dizer e logo se deixa cair na popular expressão “entrou por um ouvido e saiu pelo outro” pois o que o outro disse deixou de ser importante a partir do momento em que seu palpite foi elaborado em sua mente antes mesmo que ele terminasse de dizer o que sentia.

Além do contato pessoal sabemos que existem outras forma de interagir como WhatsApp e telefone, email. Conseguir contato com um cliente desejado não é fácil. São muitos empecilhos no caminho. Por isso, coloque-se no lugar das pessoas e pense em como ela teria chamado sua atenção. Torne-a especial! Faz mais sentido para o cliente entender a importância do contato do que ficar engrandecendo o produto oferecido.

Mais uma vez insisto na autoavaliação. Nós vendemos para pessoas, sempre. Portanto, não seja uma máquina. Crie, invente o seu jeito, busque a naturalidade, estude e saia do script.

Ouvir exige humildade. É enxergar não só com a cabeça, mas também com o coração. E nos negócios, ouvir é um ato de extrema importância, pois é possível que o outro veja mundos que nós não vemos. Quem não ouve está fadado ao fracasso profissional e pessoal.

A capacidade de ouvir nos faz entender o outro e o universo que vivemos, além de descobrir novos caminhos, sendo esta a maneira de toda a aquisição do conhecimento.

Comece hoje! Como eu quero ser? Onde estão os pontos que podem ser transformados? A resposta pode estar dentro de você, basta ouvir!!!

Viviane Silva é empresária na Bolacharia Docicarella e especialista nas áreas marketing digital e gestão empresarial. É formada em Turismo pelo IFSP, pós graduada em Gestão da Comunicação em Mídias Digitais pela ESPM e conta com mais de 10 anos de experiência em pesquisa de mercado. Sua missão é estimular, apoiar e orientar pequenas empresas tanto no desenvolvimento quanto na evolução e influenciar positivamente as pessoas que a cercam.

%d blogueiros gostam disto: