Troca de livros e uniformes ajuda na economia no inicio do ano

Da Redação

Entre impostos, férias e despesas que se acumulam com as comemorações de fim de ano, a lista de material escolar, de livros e de uniforme são itens que pesam no orçamento, seja pela diversidade de produtos disponíveis no mercado ou pelo aumento de preços no segmento. Para poupar gastos, os pais têm buscado alternativas que vão além da pesquisa de preço e da restrição de materiais.

No Colégio Franciscano Pio XII, instituição de educação localizada no bairro do Morumbi, em São Paulo, um grupo de mães apresentou à diretoria a proposta do projeto Bibliotroca. O Colégio abraçou a ideia e há 15 anos os alunos e pais podem efetuar a troca de uniformes e de livros – paradidáticos e didáticos, não consumíveis, de categorias diversas – por intermédio da “Bibliotroca”. A regra é simples e não há burocracia: o aluno que entregar livros utilizados no ano anterior que ainda estejam na lista de material atual, pode retirar outro livro durante todo o ano letivo.

Mary Elizabeth Azevedo, coordenadora da Bibliotroca há 11 anos e mãe de uma aluna e de dois ex-alunos do Pio XII, conta que “a compra de material didático é sempre um gasto muito grande. Além disso, os livros raramente serão utilizados novamente após o ano letivo. É um investimento na educação e não na aquisição da obra em si que fazemos com a compra. Se podemos compartilhar, não há porque mantê-los ou, o que é ainda pior, jogá-los no lixo. Com a Bibliotroca, nós, pais, economizamos, e nossos filhos aprendem a dar valor ao investimento que fazemos em sua educação”.

Prática similar acontece no Colégio Liceu Jardim, em Santo Andre, quando há mais de quatro anos, um grupo de mães, representado por Karina Gouveia e Rebeca Germano, apresentou à diretoria a proposta de um projeto de trocas. Logo, as mães aderiram a causa e a prática de troca de livros e uniformes passou a ser frequente no início e no meio do ano letivo. Por isso, livros paradidáticos e didáticos são doações sempre bem-vindas que valem sempre créditos para trocas futuras.

Uma prática  compra de material didático é sempre um gasto muito grande. Além disso, os livros raramente serão utilizados novamente aa pós o ano letivo. É um investimento na educação e não na aquisição da obra em si que fazemos com a compra. Se podemos compartilhar, não há porque mantê-los ou, o que é ainda pior, jogá-los no lixo. Com a Bibliotroca, nós, pais, economizamos, e nossos filhos aprendem a dar valor ao investimento que fazemos em sua educação”.

Ambos os grupos aceitam doações de uniformes e fantasias usadas. Pois, as crianças crescem e os uniformes acabam ficando pequenos, mas, muitas vezes, ainda estão em perfeitas condições de uso. Então, essas mamães voluntárias fazem uma avaliação para checar se as peças não estão muito desgastadas e as aprovadas são disponibilizados para a troca.

Mais informações: www.facebook.com/groups/826929584078925/

#livros #compradelivros #materialescolar #escola #trocadelivros

%d blogueiros gostam disto: