Sete destinos românticos para você aproveitar o Dia dos Namorados

Da Redação
Fotos: Mari Pelo Mundo

Há casais esportistas, aventureiros, aqueles que curtem explorar as cidades, fazer compras, calmaria, descobrir novos restaurantes e apreciar a gastronomia local. Com a vivência no Mari Pelo Mundo, Mari Christine preparou uma seleção para os diversos tipos de casais. E, o melhor, todas bem pertinho da capital paulista.

1.Campos do Jordão – Montanha com arzinho Europeu

Campos do Jordão é um destino bastante conhecido dos paulistanos e uma das cidades turísticas mais visitadas do estado. E realmente é uma cidade encantadora que oferece muitos passeios e diversão para todas as idades, que fica até difícil conhecer tudo numa única vez.

2.Espírito Santo do Pinhal – Serra e vinícolas para enólogos

A cidade de Espírito Santo do Pinhal tem aproximadamente 50.000 habitantes e fica há 200 quilômetros da capital paulista, na divisa com Minas Gerais na belíssima região da Serra da Mantiqueira. No início de abril de 2017 foi anunciado que a cidade está em primeiro lugar como Município de Interesse Turístico no Estado de São Paulo. Há lindos hotéis e vinícolas. Um ótimo destino para casais.

3.São Roque – Para os bons de garfo

Fundada em 1657, a cidade tem hoje 84 mil habitantes e é um dos 29 municípios do Estado de São Paulo considerados estâncias turísticas A cidade de São Roque fica bem pertinho de São Paulo, na região metropolitana de Sorocaba. E tem ótimas opções de restaurantes para o almoço nos finais de semana.

4.Holambra – Para quem curte caminhar na cidade

Holambra não é um parque de diversões. Fora da temporada da Expoflora, Holambra é uma cidade pequena e pacata. No entanto, não deixa de ser uma cidade cheia de atrativos. Há opções de trilhas, museu, gastronomia, e passeios de charrete e pesca. Várias lojinhas e restaurantes, cafés e calçadão. Uma das ruas principais da cidade virou um calçadão. Permite a passagem reduzida de carros e foi criada uma ciclovia. Com a iluminação noturna fica um charme. Lá estão dois dos principais restaurantes da cidade, a Casa Bela e a Martim Holandesa (essa última conhecida por ser uma doceria tradicional holandesa).

 

5.Ilhabela – Casais aventureiros e que curtem a natureza

Existem praias sensacionais entre São Paulo e o Rio de janeiro. Para quem adora dar uma fugidinha no final de semana fica a sugestão de mais uma linda ilha bem pertinho da “selva de pedra”. Ótima dica para um casal esportista, aventureiro ou que curte a natureza.

São várias praias na ilha. Fomos conhecer a praia reservada que se chama Bonete. O acesso se dá apenas por caminhada ou barco, dependendo das condições da maré. Um pouco antes de se chegar ao Bonete, há um pico com uma vista completa da ilha. Vale a pena todo o esforço, pois a beleza da praia é indescritível. Para quem gosta de aventuras e trilhas, vale super a pena esse passeio.


6.Embu das Artes – Artesanato e barzinho

De todas as cidades do mundo, particularmente adoro Embu das Artes. Um pouco (ou muito) de exagero, mas a verdade é que eu gosto muito. Por ser tão pertinho de São Paulo, conseguimos ir sempre que temos um tempo livre. A cidade é tranquila, colorida, pequena, anda-se a pé e ouve-se música pelas ruas! Com artistas por todos os lados, bancas de artesanato, lojas de móveis, barzinhos com musica, galerias e restaurantes. Além disso, há também monumentos históricos e museus. Você pode passar uma tarde ou um final de semana, ou mesmo uma semana inteira em algum dos hotéis da redondeza.

7.Itú – Um verde charmoso e ar puro

O centro histórico tem bons bares e restaurantes. No entanto, para uma viagem mais relaxante e romântica, a dica é a Fazenda Capoava que fica no município de Itu, na altura do km 90 da Rodovia D Gabriel Paulino Bueno Couto. O hotel tem muito verde, charme, sossego, boa comida e fica pertinho de São Paulo!

O casarão onde fica a sede da fazenda data da época do engenho de cana de açúcar e foi construído em meados de 1750 como residência da família proprietária do local. Você pode optar pelos passeios a cavalo, caminhadas ou para fazer uma massagem relaxante. No caso da massagem agende com antecedência, junto com sua reserva, pois a procura é grande.

* Por Mari Christine – Mari Pelo Mundo – www.maripelomundo.com.br

http://www.instagram.com/Maripelomundo.blog/

Formada em Turismo e Comunicação/Jornalismo pela ECA-USP. Já viajou pelos cinco continentes e conheceu mais de 30 países. Fundadora do Blog Mari pelo Mundo e faz curadoria de conteúdo de viagem.

%d blogueiros gostam disto: