Quatro principais dúvidas sobre puberdade precoce

Da Redação

É de se arrancar os cabelos cada vez que nós mamães temos que lidar com probleminhas que a nossa memória nem sempre contribui muito. Todas nós já passamos na adolescência faz tempo e parece que nos esquecemos de como foi a nossa transição, principalmente quando lidamos com nossos filhos.

Pensando nisso, conversamos com a médica Vanessa Radonsky, especialista em Endocrinologia Pediátrica pelo Instituto da Criança da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP). Ela nos ajuda com quatro respostas para dúvidas bem comuns entre as mamães de pré-adolescentes ou de crianças com puberdade precoce.

Como identifico se meu filho (a) está entrando na puberdade precoce?

Dra. Vanessa – A puberdade precoce é caracterizada pelo aparecimento de caracteres sexuais secundários. Em meninas acontece antes dos oito anos de idade e nos meninos antes dos nove anos. Caracteres sexuais secundários nas meninas são o aparecimento da mama e dos pelos pubianos. Nos meninos, também surgem os pelos pubianos e o aumento no volume testicular e do comprimento peniano.

Quais são as principais causas de puberdade precoce?

Dra. Vanessa – A puberdade precoce é considerada idiopática, sem causa definida, em 90% das meninas. Já nos meninos essa incidência é menor. Uma investigação criteriosa pelo endocrinologista pediátrico deve ser realizado para afastar alguma causa patológica como um tumor e malformação de sistema nervoso central ou exposição a esteroide.

Menstruar antes dos 8 anos de idade é um problema?

Dra. Vanessa – A menstruação é a última etapa do desenvolvimento da menina, já que antes ocorre o aparecimento das mamas e dos pelos pubianos. Quanto mais cedo ela menstruar, antes ocorrerá o fechamento da cartilagem de crescimento e menor será a sua estatura final, portanto, pode afetar o crescimento.

Quais os outros sinais da puberdade?

Dra. Vanessa – Além dos caracteres sexuais secundários, percebemos uma irritabilidade comum em meninos e meninas, odor axilar, aceleração na velocidade do crescimento e espinhas etc.

A médica, que também é especialista da Clínica Croce, especializada em vacinação, infusões de medicamentos e no diagnóstico e tratamento nas áreas de Alergia, Imunologia e Endocrinologia, explica ainda que é preciso fazer exame clínico detalhado, incluindo a dosagem dos hormônios, e uma avaliação da idade óssea para que o médico possa analisar o estágio de maturação e puberdade dessa criança.

Fonte: unimed Design: Carolina Moura – Alex Mendes

www.clinicacroce.com.br

Facebook: https://www.facebook.com/clinicacroce/

Instagramhttps://www.instagram.com/croceclinica/

Youtube: http://bit.ly/CroceYoutube

%d blogueiros gostam disto: