Quando é hora de mudar?

Por Alessandra Spagnol

Quem nunca pensou em jogar tudo para o alto e mudar? Seja no relacionamento, no trabalho ou no estilo de vida, em alguns momentos nos sentimos presas a algo que já não faz mais sentido. Mas como saber se realmente é hora de mudar ou se estamos passando por um dia ou uma fase difícil? Sempre me deparo com casos assim, em que a pessoa se sente perdida ou desanimada com sua situação atual, mas não consegue definir o que deseja mudar, e muito menos sabe como fazer essa mudança. Isso acontece porque nós mudamos, nossos valores e crenças mudam no decorrer da vida, e isso é BOM!

No meu caso, precisava de uma grande mudança em minha vida profissional, mas que exigia coragem e planejamento, pois eu estava em um momento muito cômodo e seguro da minha carreira. Por muitos anos trabalhei em grandes empresas, construindo minha carreira de sucesso, assumia um novo cargo e me sentia animada, motivada, cheia de energia para fazer e acontecer. Porém com o passar do tempo essa energia desaparecia, me sentia insatisfeita e com desejo de buscar algo novo, mais desafiador, uma posição maior, mais status…

E assim fiz por alguns anos, mudando de empresa ou posição quando sentia que precisava de algo novo e mantendo o foco em ser uma profissional bem sucedida. Assumi cargos de gestão, com equipe, grandes desafios profissionais e pessoais, carreira internacional e tudo mais. Pensava que me manteria motivada e feliz por muito tempo, afinal estava quase lá onde sempre desejei. Passado algum tempo, lá vinha ela, a insatisfação bater a minha porta, me fazendo questionar meu dia a dia, minhas prioridades e vontades. Foi então que decidi parar e me entender. O que eu queria? Qual era a fase da minha vida? Os planos feitos no inicio da carreira ainda faziam sentido? Foi então que percebi que os planos de carreira de sucesso que eu havia traçado no passado já não faziam sentido com a pessoa que eu era.

Mas o que fazer? Jogar tudo para o alto? Começar do zero? Bom, pra começar precisava me conhecer melhor, minhas vontades, minhas forças, fraquezas e medos. Trabalhei muito com foco em mim mesma, revisitei toda minha carreira, revi meus valores pessoais e minhas motivações naquele momento da minha vida.

Para esse processo analisei as seguintes questões:

– Quem sou eu?

– O que é importante para minha vida?

– O que eu gosto de fazer?

– O que sei fazer bem?

– O eu posso fazer e que interessaria à alguém?

– O que quero deixar de marca nas pessoas?

Bom, feito esse trabalho, tracei meu plano de mudança, afinal não poderia simplesmente largar o emprego e sair pelo mundo. Segui meu plano, evoluindo com calma em cada etapa, sabendo que cada fase tinha previsão de término (nos momentos mais difíceis isso ajuda a segurar a onda) e principalmente sabendo para onde eu estava indo, com foco e dedicação.

Todo esse percurso me trouxe até onde estou hoje. Fiz escolhas, abri mão de algumas coisas, ganhei muitas outras. Quando soube que me tornaria mãe, revi alguns planos, tracei novas metas, redefini minhas prioridades para que eu pudesse viver plenamente esse novo papel tão desejado e reconstruir a minha tão sonhada carreira de sucesso. Sou mãe (sim esse é o primeiro e mais importante papel da minha vida), profissional, esposa, dona de casa (amo cuidar da minha casa), filha, irmã, amiga e tia. Claro que nem tudo são flores, e muitos planos vão mudando ao longo da caminhada. Estou sempre revendo o que estou fazendo, para que minha existência faça sentido com o que desejo para minha vida e para a vida das pessoas importantes para mim.

E assim precisamos caminhar para qualquer mudança que desejamos fazer em nossa vida, seja na vida profissional ou pessoal. Somos seres em constante mudança, nossos sonhos, planos, metas e desejos devem acompanhar esse processo, cada fase de vida é única e diferente.

E para quem sente que precisa fazer alguma mudança, deixo aqui algumas dicas:

– Saiba exatamente aonde você quer chegar, defina um objetivo de maneira clara e plausível;

– Defina o que você precisa fazer diferente no seu dia a dia para atingir esse objetivo;

– Mantenha o foco e a disciplina para seguir com o que foi planejado;

– Para manter-se motivado tenha sempre em mente seu objetivo final;,

– Comemore a cada pequena conquista, não espere atingir 100% do objetivo para comemorar. Cada evolução conta.

A mudança algumas vezes é difícil, por isso costumamos ter medo de mudar e sair da nossa zona de conforto, mas mudar é essencial em nossa vida, afinal somos seres em constante evolução! Viver é mudar, escolher, experimentar, arriscar, errar, seguir e voltar!

Pra que gosta de assistir um bom filme, recomendo “Comer, rezar e amar”, que fala de uma forma leve sobre o processo de autodescoberta e mudança.

Alessandra Spagnol:

Psicóloga e Coach de carreira e empreendedorismo. Certificada pela NeuroLeadership Group, através da metodologia de Coaching para resultados. Consultora e facilitadora certificada pela ADIGO, trabalhando grupos através da antroposofia. Formação em Psicologia pela PUC com MBA em gestão e desenvolvimento de pessoas. Mais de 18 anos trabalhando com desenvolvimento de pessoas, dentro e fora do ambiente corporativo. Embaixadora da Rede Mulher Empreendedora e mãe de uma princesa de 3 anos.

Mais informações: 
alessandraspagnol.coach@gmail.com
Whatsapp: 11 990188345

%d blogueiros gostam disto: