Para o Chico ler quando crescer…

Esta carta a Thaissa Alvarenga, nossa colunista, escreveu para o Chico, seu filho. Ela fala sobre a escrita do Chico. Foi muito emocionante para ela e a família, e por conta disso, ela divide essa carta para o Chico com a gente ! Segue:

Chico,

É com muita emoção que escrevo esta carta. O mês de outubro ganhou um motivo especial para ser celebrado. Você teve uma grande conquista, que é nossa também. Pela primeira vez escreveu o seu nome sozinho e isso nos marcou de uma forma muito especial. Você já tem a sua independência. Em breve, irá se formar na educação infantil e próximo ano será um marco, será o primeiro no ensino fundamental. Estar com a escrita evoluída é muito importante, pois logo começa o processo de alfabetização.

Eu, como mãe, a nossa família, os terapeutas, os professores, enfim, todos nós ficamos muito felizes em ver o seu progresso. Nós sabemos como a questão da apreensão fina é importante e o quanto é desafiadora para a escrita, que está sendo aperfeiçoada na escola. Nós acompanhamos cada detalhe e todo esse trabalho diário faz muito sentido, você já consegue formar fonemas. Se a sua linguagem verbal e escrita estão desta forma é um resultado de um trabalho conjunto.

Você está caminhando para uma autonomia na vida adulta, o seu aprendizado evolui a cada dia. Tudo isso reflete socialmente, em como está no colégio, nas aulas de música, na natação, nas terapias e em todos os ambientes que frequenta. Tenho observado que nesta fase da educação infantil você está muito mais maduro. Tem mais concentração nas atividades do dia a dia, tem treinado a preensão no lápis com a terapeuta ocupacional, tem trabalhado a formação das letras, a contagem dos números e as sequências nas sessões de fono. Tudo isso trouxe um grande avanço na sua vida.

Torço para que você passe pela alfabetização evoluindo didaticamente, pedagogicamente e socialmente. Sei o quanto é difícil a concentração, segurar um lápis, a preensão e todo o desenvolvimento da coordenação motora fina. Então, ver todo esse processo resultando na escrita do seu nome simboliza muito para todos nós. Abre uma amplitude enorme e só me faz ter ainda mais certeza da importância do triângulo entre a família primaria, terapeutas e educadores. Você nos mostra que pode!

Segue o Chico e suas irmãs no Instagram:

@chicoesuasmarias

Quer saber mais? http://downeup.com.br/
Instagram: www.instagram.com/downeup
contato@downeup.com.br

Leia também: Down é UP: Quando tudo começou a mudar na minha vida

A família estendida e a primeira infância

Down é Up ajuda outras famílias com ações de inclusão

#downeup

%d blogueiros gostam disto: