O marketing digital requer conteúdo de qualidade e conhecimento sobre o comportamento dos seus clientes

Por Maria Cláudia Aravecchia Klein

Qual plataforma online converte mais para o seu negócio? Preciso ter um site institucional da minha empresa ou um e-commerce próprio, ou posso vender pelas redes sociais apenas? Tenho que produzir conteúdo ou contratar uma influenciadora digital? Existem leis que protegem os direitos dessas influencers?

A Revista Vida Pratica sempre aborda temas relacionados ao empreendedorismo digital, pois nosso negócio é digital. E, sempre cobrimos eventos relacionados a esse tema tão questionado na atualidade por empreendedores de qualquer segmento ou nicho de mercado.

Dra Thaina S. Marques e Lili Paiva, especialistas em fashion low

Nessa semana, a nossa colunista Lili Paiva, que além de ser uma influencer renomada no universo fashionista é advogada, ministrou um bate-papo super importante sobre o direito relacionado ao marketing de influência. Na palestra Fashion Low: o Direito e as Influenciadoras Digitais ela deu inúmeras dicas para que marcas e influencers possam conviver numa boa respeitando as leis vigentes. A iniciativa foi da Casa da Advocacia e Cidadania de São Caetano do Sul e coordenada pela advogada Thaina Simionato Marques, também especialista na área.

Mônica Lobenschuss falou sobre as sete principais tendências do Marketing Digital em evento da Prefeitura de Santo André em parceria com o Sebrae

De uma parceria entre o Sebrae SP e a Prefeitura Municipal de Santo André, aconteceu o Forum de Marketing Digital, realizado no Teatro Municipal de Santo André.  A primeira apresentação trouxe a experiência de Mônica Lobenschuss da agência Core  Group, que frisou que é essencial entender o perfil e as preferencias do seu seguidor principal, a persona (público alvo e seus hábitos e preferências) e oferecer o que essa pessoal realmente espera, pesquisando, planejando e criando proximidade”, alerta.

O segundo workshop foi conduzido por Oscar Sigaki da Hubify, que deu uma aula sobre métricas básicas e foco em persona, da própria marca, – sim, temos que humanizar o atendimento ao cliente e personifica-lo; e das personas dos clientes, principalmente alertando sobre os cuidados com as métricas de vaidade. “Vale muito mais ter um público reduzido e engajado do que apenas números”.

Quem fechou o ciclo foi Eduardo Leme da Interup que deu exemplos clássicos de algumas ações eficazes para captação de mailing e novos contatos de possíveis clientes – os famosos leads. Ao final de cada apresentação, cada um dos palestrantes respondeu aos questionamentos do público presente.

E na unidade de São Bernardo do Senac, pudemos conferir uma apresentação do case do Blog A Arquiteta.com.br, de Luciana Paixão, que virou uma verdadeira plataforma de cursos online e off-line direcionada para arquitetos e designers de interiores. Tudo começou como um blog de conteúdo no qual ela falava sobre os seus conhecimentos inerentes ao dia a dia da profissão e com a demanda do público, tornou-se referência de e-learning.

Treinamentoonline elearming aarquiteta lilipaiva influencer marketingdigital marketingdeinfluencia funil marketingdeconteudo Instagram Facebook YouTube Pinterest

%d blogueiros gostam disto: