Dicas para você organizar seu closet hoje mesmo!

Da Redação

Seja pela falta de tempo, o excesso de roupas, ou até mesmo a preguiça, nem sempre é
uma tarefa fácil manter o guarda-roupa ou o closet organizado. Porém, o caos dentro
dos armários contribui para nos deixar mais desgastados e estressados, além de
dificultar a procura das roupas na hora de montar um look desejado.

Para te ajudar na empreitada de arrumar tempo e disposição para organizar o armário, convocamos a personal organizer Lucianne Korn para ensinar 5 dicas valiosas e muito práticas, claro!

  1. Separe o que não usa mais
    Parece clichê, mas separar as roupas que não usa mais é essencial para iniciar uma boa organização no guarda-roupa. “Neste momento é preciso ser racional e pensar quais peças que você usa e realmente gosta. O que sair de lá será levado para doação, um gesto que também traz uma sensação boa”, conta Lucianne, que ainda indica que o descarte seja feito a cada três meses.
    Vale ressaltar também que, com a saída das roupas que não se usa mais do armário, sobra espaço para peças novas.
  2. Peças-chaves em fácil acesso
    Se você pratica alguma atividade que demanda um vestuário específico ou tem peças em que veste com mais frequência no dia a dia, Lucianne indica deixá-las em um lugar mais acessível. Além de facilitar na hora de se arrumar, isso evita bagunça na procura das peças. “Se você vai para a academia três vezes por semana, por exemplo, é legal ter um espaço facilitado dentro do armário para essas roupas. Se atividades físicas forem esporádicas, os trajes de ginástica podem estar em prateleiras mais altas”, sugere Lucianne.
  3. Padronização
    Parece um mero detalhe, mas a padronização de cabides é uma ótima dica para deixar o armário com um visual mais bonito e estético. Isso se justifica, pois cabides diferentes desviam a atenção do olhar e dificultam a localização das roupas penduradas. No mercado, existem diversos modelos de cabides como de acrílico, madeira, veludo e Lucianne Korn indica apostar nos mais finos já que permitem mais economia de espaço.
  4. Dobras e cores
    Lucianne explica que o ideal é sempre pendurar a maioria das peças. No entanto, com a demanda de guarda-roupas cada vez mais compactos, faz-se necessário adaptar e fazer algumas substituições com as dobras. Para manter a organização e uma estética agradável, a profissional indica sempre fazer as dobras iguais para manter uma simetria: “Para facilitar nessa padronização, é possível adquirir gabaritos de dobras prontos e de diferentes formatos para vários tipos de roupas”, recomenda.Além disso, na hora de guardar, fique atento à quantidade empilhada e nas cores. “Busco trabalhar com pilhas pequenas e com peças de tonalidades parecidas”, sugere.

  5. Organizadores
    Os organizadores são ótimas soluções para ajudar a manter a ordem e suprir a falta de espaço. Além da possibilidade de fazer em marcenaria, modelos em caixas e colmeias, feitos de diferentes materiais, colaboram para essa tarefa: “São opções muito bacanas para manter a ordem de peças íntimas, como também para guardar bolsas, gravatas e sapatos”, revela Lucianne.


    A personal organizer recomenda atenção na hora da compra, haja vista com a variedade de modelos encontrados em lojas, na prática muitos não oferecem a funcionalidade esperada.
    www.luhk.com.br
    @luciannekornarquiteta

%d blogueiros gostam disto: