Corrida é um programa para fazer em família

Por Paula Milani Bertola

“Imagine uma nova história para sua vida e acredite nela” essa frase de Paulo Coelho me leva a refletir sobre as pessoas que querem começar a correr e iniciar um ciclo de mudanças na vida. Muitas dessas pessoas, quando me procuram, já chegam com um conceito negativo, já começam a conversa com um “queria tanto correr, mas tenho marido, filhos e não tenho tempo”.

Amiga! Amigo! Você não precisa arranjar tempo, mas você pode otimizar o tempo para à pratica do exercício, treinando com sua família. Já existem grupos de corrida com professores preparados para atender você, seus filhos, seus pais, seus irmão, sua sogra!

Porque mais do que uma atividade física, o treino de corrida em família é uma atividade que une irmãos e irmãs, primos, cunhados, pais e filhos. A experiência é tão benéfica que entre meus alunos que correm com seus familiares nenhum nunca deixou a FreeRun. Com quase quatro anos de Assessoria, tenho famílias que estão comigo durante esse período (mudei de trabalho, abri a assessoria e eles continuam me acompanhando) e sabe o que acontece geralmente? O número de familiares no grupo
muitas vezes aumenta!

No caso de famílias com crianças é importante se preocupar em comprar roupas adequadas não só pros papais e pras mamães, mas também pra crianças (um bom tênis, calças e shorts adequados, camisetas leves).

Pra vocês entenderem melhor o quão incrível é treinar com seus filhos, marido, pais, vou relatar minha experiência pessoal: “Tenho um grupo de corrida, a FreeRun Sports, comecei o grupo para que meu marido tivesse onde treinar, e consequentemente melhorasse sua saúde. Hoje, não só tenho a companhia do marido nos treinos, mas também de nossas filhas que treinam conosco. E tê-lo ao meu lado nas provas é uma das experiencias mais gostosas que temos juntos. Correr uma meia maratona com ele ao meu lado deixa as quase 2 horas de corrida mais agradáveis! Durante as corridas conversamos sobre coisas que muitas vezes não temos tempo de conversar na “correria” do dia-a-dia!”. E esses, são os melhores resultados que tenho com meu trabalho. Qualidade de relação familiar!!!

E a participação familiar na FreeRun não para na minha família. No grupo, como já citei, tenho inúmeras famílias que treinam juntas. Esposas que começaram e trouxeram na sequência o marido, mãe e filho, pai e filha, mãe e filha, cunhados, primas.

De acordo com a aluna Priscila Laureano que treina com a cunhada e com o cunhado “Correr em família é um dos momentos mais esperados da semana, para nós significa estreitar laços, superar desafios juntos, é sempre uma delícia”.

A Leticia Carvalho que, assim como a Priscila, treina há alguns anos na FreeRun e tem a companhia de seu pai nos treinos define que correr em família “significa se aproximar mais de cada um. É aprender e ensinar, é compreender que podemos fazer qualquer coisa. Que teremos sempre alguém pra confiar, apoiar e acreditar”.

A experiência de treinarem juntos aproxima a todos e fortalece os laços familiares. Promove união e, de quebra, melhora a saúde.

Paula Milani Bertola tem 35 anos, é casada e mãe da Maria (13 anos) e da Livia (10 anos). Formada em Educação Física, com pós-graduação em Fisiologia do Esporte com foco em treinamento esportivo, é atleta de corrida, natação e ciclismo!! Ou seja, triatleta! Hoje, ela é técnica de corrida e proprietária da FreeRun Sports. Mais informações: paulabertola@gmail.com 
www.freerunsports.com.br
instragram.com/freerunsports
facebook.com/freerunsports

%d blogueiros gostam disto: