Como se preparar para a sua primeira prova de 5 km

Por Paula Milani Bertola

A maior parte das pessoas que me procuram com o objetivo de começar a treinar corrida, todas com o intuito de participar das provas de Corrida de Rua, chegam com a mesma meta: completar um percurso de 5K.

O que essas pessoas não sabem é que treinando da maneira correta e com uma boa orientação, o “sonho” dos primeiros 5k pode estar mais perto do que imaginam. E concluir a prova pode ser um objetivo fácil se elas treinarem direito e seguirem algumas “regras”.

Então vamos lá: Passe por uma avaliação médica, procure um professor de Educação Física (em um clube, assessoria, treino com Personal), compre um bom tênis, vista-se de corredor, encha a garrafinha de água e comece!

Em Geral, a prova dos 5K é considerada “a porta de entrada” no universo das corridas – a partir dos seus primeiros 5K, aquele que era considerado “na sociedade” um indivíduo “normal” se torna um corredor. E ele passa a gritar ao mundo que é CORREDOR e ele começa a ter objetivos mais ambiciosos (10k, 21k, uma maratona)!

  • Nesse “processo” de começar a treinar e concluir seus primeiros 5K, eu digo que a prova em si é teoricamente fácil, mas o percurso percorrido até o dia da Corrida nem sempre é fácil (não posso mentir), no início vai ser difícil, alguns dias você vai querer desistir. O ideal é que o primeiro mês de treino seja mais leve, com treinos intervalados, intercalando corrida e caminhada (isso é muito importante – porque treinos muito intensos vão te fazer sentir dor – o que é normal – mas, dores muito intensas podem te desmotivar) procure aumentar de forma gradativa o volume e a intensidade dos seus treinos.
  • Logo de início, pensando não só na conclusão da prova, mas na melhora do seu condicionamento físico, procure treinar de 2 à 4 vezes na semana. Já ouvi muita gente falar que pra começar a correr basta andar 1 minuto e correr 1 minuto. Não vejo dessa maneira, correr é simples. Mas, treinamento não é tão simples assim, e se você quer começar a treinar da maneira correta, se você tem metas e objetivos ambiciosos e audaciosos à curto e longo prazo, a “conversa de parque” pode até te ajudar no começo. Mas, logo você vai estagnar e não vai conseguir correr uma longa metragem. Seu tempo será sempre alto e você sempre vai terminar as provas muito cansado. Então, lembre, procure um Profissional do Esporte para orientá-lo.

No dia que antecede sua prova: retire seu kit de corrida, confira horário e local de prova, organize-se quanto a transporte e locais para estacionar próximo à arena da corrida, se hidrate e organize seu material (número de peito, camiseta, tênis, shorts, suplementação, viseira – tudo que você pretende levar pra prova). No dia da prova acorde cedo, tome um bom café da manhã (aquele que você está acostumada – não invente de tomar leite ou comer banana, por exemplo – se você não tem esse costume) e chegue cedo, faça um aquecimento leve e vá para a sua largada!

E, o mais importante, faça com prazer, se divirta e acredite porque você consegue! Lembre de todas as viagens que você já fez (aquela vez na Disney que caminhou horrores, aquele tour na Europa, aquele passeio pelas Ruas de San Francisco, 3 dias pra conhecer Nova Iorque), em média andamos kms e mais kms quando viajamos e você está com medo de fazer 5K? Não tenha medo! Na pior das hipóteses, lembre: “você pode intercalar alguns metros de caminhada entre a corrida”.

Você pode!

Paula Milani Bertola tem 35 anos, é casada e mãe da Maria (13 anos) e da Livia (10 anos). Formada em Educação Física, com pós-graduação em Fisiologia do Esporte com foco em treinamento esportivo, é atleta de corrida, natação e ciclismo!! Ou seja, triatleta! Hoje, ela é técnica de corrida e proprietária da FreeRun Sports. Mais informações: paulabertola@gmail.com 
www.freerunsports.com.br
instragram.com/freerunsports
facebook.com/freerunsports

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: