10 dicas para você se dar bem no ENEM

Da Redação

1) Alimente-se e hidrate-se bem. Escolha uma roupa leve e confortável.

2) Saia mais cedo de sua casa, lembre-se que o trânsito fica complicado próximo às escolas na data de aplicação do Exame.

3) Chegue cedo e confira o local e sala, onde fará o exame. Quando autorizado vá para a sala e faça um breve relaxamento.

4) Ao receber a prova, procure a redação e faça um rascunho. Não deixe a redação por último, porque a própria prova objetiva costuma trazer uma ou outra questão relacionada ao tema proposto. Por isso, o ideal é começar a prova lendo os textos-base oferecidos para a redação e já aproveitar para fazer um rascunho do texto.

5) Depois do rascunho da redação, o aluno deve começar a prova objetiva passando por todas as questões, respondendo aquelas que julgar fáceis e sinalizando as que considerar médias ou difíceis. Aqui é importante assinalar, também, aquelas que estejam relacionadas ao tema da redação – dessa forma, durante a revisão final do texto, o candidato pode usar essas informações adicionais retiradas das perguntas para ampliar sua argumentação e vocabulário.

6) Depois das questões fáceis, é hora de tentar responder as questões médias, usando os conceitos que relembrou durante esta primeira leitura.

7) Antes da rodada final, é indicado que o aluno relaxe, tome água e, então, comece a preencher o gabarito com as questões já respondidas (as consideradas fáceis e médias).
8) Na Redação: O ENEM costuma trazer temas da atualidade, que geram desconforto, justamente porque não caem no senso comum. Por isso, a função da prova é fazer com que os alunos mostrem, por meio da dissertação, sua visão de mundo, reiterando que sabem fazer referências e trazer um aporte social e cultural para falar de determinadas temáticas. Além dessas habilidades, é importante lembrar que na parte de redação o aluno atua como autor e ele deve dar a sua interpretação do mundo, ou seja, o candidato precisa mostrar sua capacidade de autoria, tomando cuidado para manter o foco no tema proposto.
9) Possíveis temas: É sempre difícil sugerir possíveis temas para a redação, mas podemos levantar algumas questões com base no direcionamento de provas anteriores. Os assuntos costumam partir de problemas ou questões que geram debate atual e impactam a sociedade, por isso, algumas sugestões poderiam girar em torno do movimento antivacina, bastante debatido em todo o mundo e que já envolveu importantes órgãos internacionais, como a Unicef e a Organização Mundial da Saúde; a proposta do marco regulatório do saneamento básico, que está sendo debatida e que ainda é um grande problema brasileiro; as altas taxas de suicídio na adolescência e o aumento das DSTs (Doenças Sexualmente Transmissíveis) entre os jovens. Estar atualizado é a melhor dica para se preparar para qualquer tema.
10) Não fuja do tema: A melhor dica é manter o foco do conteúdo nos textos-base oferecidos. Às vezes o aluno quer ir muito além do tema apresentado e isso pode ser um risco, portanto, mesmo que traga outras referências e exemplos, é essencial ler diversas vezes os textos-base para garantir que a redação não fuja ao tema.

%d blogueiros gostam disto: